0 - Filipa Pato Dinamico D.N.M.C. 750ml

0 - Filipa Pato Dinamico D.N.M.C. 750ml


Marca: Filipa Pato

Filipa Pato Dinamico D.N.M.C. 750ml

Região: Portugal, Bairrada
Produtor: Filipa Pato e William Wouters
Uva: 100% Baga
Degustação: Os aromas são elegantes, com toque de frutas como morango e ameixa, nuances de alcaçuz e notas de especiarias como pimenta do reino, louro e tomilho. Em boca é frutado, com uma bela estrutura e textura aveludada, com um final de boca muito fresco e convidativo.

Harmonização: charcutaria, peixe grelhado, carnes brancas grelhadas e queijos curados (os mais secos e firmes Algo a mais : aconselha se decantar.


FRETE GRÁTIS
0 - Filipa Pato Dinamico D.N.M.C. 750ml
REF: 4212-94381160
Disponibilidade: 3 dias úteis
Quantidade
De: R$  189,90
Por: R$ 119,90
Em até 6x de R$ 19,98



Mais informações sobre este produto:

D.N.M.C. de Filipa Pato

A renomada enóloga portuguesa lança o vinho tinto o D.N.M.C. no Brasil Filipa Pato e William Wouters, da Vinhos Autênticos Sem Maquilhagem, lançam no Brasil o vinho tinto Dinâmica ou D.N.M.C. Trata- se de um rótulo elaborado com a uva Baga de diversos terroirs da região da Bairrada, no sudoeste de Portugal. "Acreditamos que as uvas de locais diferentes oferecem um vinho mais complexo, já que cada vinhedo tem a sua expressão”, diz Filipa. "Este é um verdadeiro vinho de terroir e um exemplo do caráter frutado e de taninos suaves dessa casta nativa.

Cada lote é vinificado separadamente e, no final, reunimos todos eles em um único vinho equilibrado.” O vinho é elaborado na Bairrada, com cuidado artesanal. As uvas são colhidas manualmente nos diversos vinhedos da região, fermentadas em tanques com pouca extração e longa maceração com as peles, para maior complexidade. Os solos são basicamente de calcário, do período Jurássico, e os vinhedos sofrem influência do Oceano Atlântico, que está distante apenas 15 km. Sobre o nome do vinho, não foi possível registrar Dinâmica, então surgiu uma abreviação criativa. "D.N.M.C. é uma expressão natural da nossa visão de práticas de viticultura e adega”, complementa a enóloga. "Explorando a expressão clássica da uva em solos calcários, respeitando a pureza da casta e a complexidade de cada parcela de terreno. É um exemplar refrescante, gastronômico e de álcool moderado (12,5%)”, finaliza.

Na degustação, apresenta intensa cor cereja. Os aromas são elegantes, com toque de frutas como morango e ameixa, nuances de alcaçuz e notas de especiarias como pimenta-do-reino, louro e tomilho. Em boca é frutado, com uma bela estrutura e textura aveludada, com um final de boca muito fresco e convidativo. Harmoniza com charcutaria, peixe grelhado, carnes brancas grelhadas e queijos curados (os mais secos e firmes). Deve ser decantado. A temperatura de consumo é 16o C. A indicação de consumo da safra 2018 é até 2025.

Você não achou o produto que procurava?